Entrar

Uma odisseia!

Vivemos tempos inacreditavelmente estranhos; nada mais nos choca, nada causa furor.

Talvez seja a velocidade alucinante das notícias, talvez o advento das redes sociais, ou somente uma loucura generalizada, mas os fatos não têm mais o poder de outrora, os acontecimentos de hoje cedo já não nos importam mais.

Tudo muda no próximo twitter, na próxima notícia da internet; a novidade não dura quinze minutos, se ficamos desconectados da rede uma tarde nos sentimos fora do planeta, analisamos que tudo (tudo mesmo) pode ter ocorrido neste pequeno lapso de tempo.

A relatividade do tempo nunca foi tão grande, impossível ler tudo, impossível ouvir todas as opiniões. Pior, nos sentimos desinformados quando alguém nos questiona sobre algo que ocorreu a meia hora e diz “não acredito que você não sabia”.

Ora, não existe esta obrigação de saber de tudo exatamente no momento que ocorre, esse frenesi pela notícia de qualquer forma acabou tornando a notícia qualquer uma, ou apenas mais uma.

Não existe mais verdade absoluta, tudo é questionado, tudo existe uma segunda opinião, um vídeo de um crime já não é mais uma prova inquestionável, “montagem” dirão uns, outros alegarão que se trata de mais uma teoria da conspiração.

Pouco importa a verdade, importa o que virou notícia, importa a opinião “das redes sociais”, esse novo ser vivo que existe há menos de uma década e virou referência para tudo.

Sem o desejo de dissecar o assunto, mas a democratização da opinião através da internet não contribuiu para a melhora da informação, ao contrário, tornou qualquer idiota uma celebridade, igualou os maiores pensadores aos Zezinhos da esquina, todos têm direito de se manifestarem, mesmo aqueles que nada sabem.

Neste mundo tudo é notícia, menos o que realmente importa! Todos são ouvidos, menos os que realmente têm algo a dizer!

Mais nesta categoria: « O Atraso calculado Liderança »
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.