Entrar

Prefeitura promove palestra com entrada gratuita sobre Gestão do Tempo

Aprimorar a habilidade de planejar, focar e executar, aproveitando o recurso do tempo de maneira inteligente aumenta a produtividade no trabalho e consequentemente, ter mais tempo para atividades de lazer e relacionamento familiar. Como organizar seu dia a dia e ter maiores resultados e maior qualidade de vida será o tema da palestra, que acontece na quinta-feira, 6 de dezembro, a partir das 19h30min, na Câmara de Vereadores de Campo Bom. A participação é gratuita, aberta ao público e não necessita de inscrição prévia.

 

A palestra será ministrada por Elisa Flach Gewehr, Practitioner e Master Practitioner em PNL e Comunicadora Generativa (PNL com Hipnose) – nível CoGen Practitioner e Master – ambos pela Escola Livre, Personal e Professional Coaching pelo Instituto Brasileiro de Coaching – IBC. Advogada graduada pela UNISINOS, ELisa é especialista em Direito e Processo do Trabalho pela FEMARGS. A palestrante dará dicas úteis para tornar o dia mais produtivo e fazer com que suas tarefas caibam na agenda, adicionando algumas "horas extras" ao seu dia a dia.

 

A ação faz parte da série de palestras promovidas pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), por meio do Espaço do Empreendedor, com objetivo da palestra é mostrar aos empreendedores do município diferentes visões em relação à gestão do tempo, sempre buscando resultados de produtividade e qualidade de vida.

 

Saiba mais

O evento faz parte do projeto Oficinas de Crescimento, um ciclo de palestras que o Espaço Empreendedor está promovendo para que os microempreendedores e futuros empreendedores possam contar com uma melhor estrutura para seus negócios. Mais informações sobre as palestras podem ser obtidas no Espaço Empreendedor ou pelo telefone 3598 8637.

Cras leva idosos para fazer um passeio em sítio de lazer

Brincadeira no balanço, gangorra, passear pela ponte de madeira e descer de escorregador, piquenique com os amigos, banho de piscina, música e muita dança. Essas foram algumas das atividades realizadas pelos mais de 70 idosos atendidos pelo CRAS de Campo Bom, que passaram o dia em um sítio de lazer em Taquara, nesta quinta-feira, 29, proporcionando momentos de muita diversão e interação. O objetivo desta atividade foi promover uma vida mais ativa e saudável para os idosos, através do fortalecimento de vínculos sociais. A atividade teve inciativa da Prefeitura e foi realizado por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Habitação (Sedsh).

 

Segundo o titular da Sedsh, Eduardo Assmann, a ideia foi proporcionar um contato direto com a natureza e com todas as riquezas que ela oferece, vivendo momentos de muita alegria e descontração, possibilitando a interação entre os idosos. “Essa atividade é muito importante para o bem-estar emocional dos idosos. Esses momentos resgatam a criança que ainda existe neles, é muito gratificante ver a alegria deles”, diz Assmann.


Para Dalva Scharlau de 66 anos, fazer parte dessas atividades em grupo favorece a saúde física e mental, afastando a solidão e a depressão, dando a chance de socializar fazendo novas amizades, curtindo, passeando dá um novo sentido a essa fase da vida. “Nós só temos a agradecer por tudo que o Cras nos proporciona, parabenizamos a Administração Municipal e todos os servidores que os cuidam e zelam por nós”, fala Dalva.

Milton Kirsch: um empreendedor de coração!

Este mundo velho que envelhece piorando vai nos deixando absortos com perdas de pessoas queridas que jamais poderiam nos deixar. A saudade dói tanto e as piores lágrimas são aquelas que choramos para dentro. Nesta minha longa caminhada, a poeira do sapato não me fez deixar de emocionar-me com as tristezas e as agruras desta existência. Como jornalista tive a grata satisfação de conhecer um dos melhores homens que Campo Bom já teve, um empresário com “E” maiúsculo. Um empreendedor liberal que acreditava no Brasil. Seu nome, Milton Kirsch, um sonhador que um dia decidiu sair dos sonhos, levantar as velas e navegar. Empreendedor na essência da palavra revolucionou a indústria metal mecânica de Campo Bom e construiu as margens da RS 239 no quilometro 09 a Milton Kirsch, uma empresa sólida e referência no Rio Grande do Sul pela qualidade e agilidade. Gerou emprego e renda, provando que uma empresa séria e com responsabilidade social pode ser vencedora. Tive a grata satisfação de muitas vezes me aconselhar com este homem que além de empresário era um amigo certo nas horas incertas. Antes da conversa sempre o convite: “Jornalista, vamos tomar um café para molhar a palavra?” Assim era o seu Milton. Sorriso fácil e um líder proativo. Envolvido com a comunidade, auxiliou muitas e muitas famílias preferindo o anonimato. Lembro-me quando atuei no jornal A Gazeta e criamos com a chancela do Fernando Santos, um dos grandes ícones da imprensa de Campo Bom e região, a Corrente de Fé e Solidariedade. Havia uma campanha para uma menina, moradora da Aurora, seu nome Kelly, surda e muda, morava com a avó. Desencadeamos uma campanha em 1994 para arrecadar R$ 1.200,00 reais para a compra de um aparelho auditivo. Campanha feita e a arrecadação chegou a R$ 400,00 reais, faltava ainda R$ 800,00 reais e numa sexta-feira recebo a ligação do seu Milton Kirsch que me diz: “Jair, sabe aquela menina, a Kelly quero ajuda-la com o que falta para comprar o aparelho, com uma condição que nem ela nem a família saiba quem doou o restante do valor. Pode ser assim? ” Respondi que sim e busquei um cheque do Banrisul na empresa em Quatro Colônias Norte, no KM 09, número 9.455 da RS 239, o qual descontei e repassei o valor a família. No dia em que a menina Kelly usou o aparelho e ouviu os primeiros sons, choramos todos, ela, sua vó e com certeza seu Milton quando relatei o ocorrido a ele por telefone. A voz embargou e um silêncio tomou conta da ligação. Ao retomar a ligação a voz ainda trêmula de emoção me disse: “Ajudar uma criança assim não tem preço. Quem bom Jair que pude ser um canal de auxilio nesta história”, sentenciou seu Milton Kirsch, um anjo de bondade. A morte de Milton Kirsch nos deixa uma lacuna sem precedentes. No dia de seu velório pude abraçar as filhas e genros e jamais esquecerei das palavras da Vania, pois ao abraça-la disse-lhe: “Teu pai era um homem de bem. Eu era seu fã” . Pude ouvir com lágrimas nos olhos, a filha deste empresário sério e cidadão, afirmar: “Ele gostava muito do senhor. Admirava seu trabalho e torcia pelo senhor” Além de empresário, seu Milton foi um ajudador da Apae, do Sesi e sonhava ser prefeito de Campo Bom, bem como, construiu uma família sólida que tem como parâmetros fazer o bem ao próximo, ajudando a quem precisa. Sua família, a esposa Dorivia, as filhas Jane e Vânia, aos genros Dirceu e Quintino, bem como, aos netos –Milton, Juliana, Diego, Adriana e Luciane e aos bisnetos – Gabriel e Manuela meus sentimentos pela perda. Homens como Milton Kirsch que nos deixou em 07 de novembro de 2018 aos 83 anos vão nos fazer uma falta grandiosa. Seu Milton era da estirpe dos timoneiros, aqueles que nos apontam o norte; um porto seguro em meios a mares turbulentos. Empresários que mesmo com a carga tributária absurda e o descaso de Brasília, apostaram na livre iniciativa e geraram emprego e renda, pois tinham um sonho. Homens como seu Milton Kirsch vão nos fazer muita falta, pois estão como o esquadro está para o compasso e a bússola para o polo. São homens de envergadura, livres e de bons costumes, capazes de escrever a própria história pautados no amor e resiliência. E contristado concluo minha missiva: naquela mesa está faltando ele (Milton Kirsch) e a saudade dele está doendo em mim.

Artigo escrito por Jair Wingert, jornalista e vereador.

Milton Kirsch: um empreendedor de coração! - 4.0 out of 5 based on 1 review

Mas que barulheira danada

Moradores da avenida Brasil, nas proximidades da praça João Blos, já não sabem mais a quem recorrer. Eles não suportam mais tanto barulho nas madrugadas, especialmente aos finais de semana. Eles pedem a intervenção de nossas autoridades.

“Festa Rave” na Brasil?

Já os moradores das proximidades da Cohab Leste queixam-se que, em um posto de combustível das proximidades deste bairro, seguidamente acontece o que eles chamam de “Festa Rave”, tal a bagunça, gritaria e música alta nas madrugadas dos finais de semana. “Pode isso, Arnaldo”?

Estudante de Campo Bom na etapa Nacional dos Jogos Escolares da Juventude

A campo-bonense Ágata Nathielly Hack, 15 anos, aluna da EMEF Santos Dumont, está em Natal, no Rio Grande do Norte, participando da edição nacional dos Jogos Escolares da Juventude, na modalidade Speed. Evento iniciou na segunda-feira, 12, e segue até dia 26. Para conquistar vaga na competição, Ágata participou de seletiva realizada em Santa Cruz do Sul.
Esta é a primeira edição nacional do novo formato dos Jogos Escolares da Juventude. Atletas nas duas faixas etárias – 12 a 14 e 15 a 17 anos – competirão juntos pela primeira vez, transformando a competição na maior de todas as edições já realizadas pelo Comitê Olímpico do Brasil.
No total, 5.038 atletas dos 27 estados brasileiros e do Distrito Federal, representando 2.153 escolas, competirão nos 14 esportes que fazem parte da programação. Uma delegação convidada do Japão, com 25 pessoas, também participa da competição.

Exemplo de integração

No Bivaque Piá da Poesia Gaúcha, um detalhe pode ter passado despercebido por alguns, não para este colunista que estava lá. A filha do patrão do C.T.G. M’Bororé (Leandro da Silva), Júlia Farias, escreveu uma poesia que foi declamada pelo filho do patrão do C.T.G Guapos do Itapuí (Clovis Soares) Clovinho Soares, que ficou em primeiro lugar como declamador Guri. Precisa exemplo mais bonito?

Prefeito órfão

Como assisto todas as sessões da Câmara, há mais de 30 anos, poucas vezes notei um prefeito tão abandonado por sua “bancada governista”. O vereador Joceli Fragoso (PTB) em parceria com a vereadora Sandra (PSDB) são os únicos vereadores da bancada de oposição. Pois os dois fazem muito mais “barulho” contra a administração do que os outros nove a favor da administração. A vereadora Sandra nem tanto, mas o vereador Joceli, “deita e rola” sem qualquer objeção ou contradição da “bancada governista”. Algo estranho está acontecendo e já faz algum tempo...

Projeto que vai florir a ciclovia realiza sua primeira atividade

Na última semana cerca de 30 pessoas participaram do curso “Vivências sobre o manejo e formação de mudas de orquídeas”, a capacitação faz parte do projeto Orquídeas: Amor e Valor, uma iniciativa da Fundação Cultural do Município com apoio da Prefeitura e do Solar das Orquídeas.
Em meio a várias espécies, os participantes receberam noções básicas sobre a estrutura e vivência da planta, através da palestra da bióloga Ana Karina Steigleder Bohrer. De acordo com Ana, temos que desmistificar a ideia de que a orquídea é uma parasita. “Pelo contrário, ela não compromete a estrutura da árvore hospedeira, ela apenas se fixa ali, e promove a sua alimentação, de forma independente”, explicou. Os participantes também receberam orientações práticas de como desmembrar as orquídeas, formando novas mudas. O cuidado da separação dos bulbos e a forma de amarrar as plantas nos troncos, o que colabora para a sua melhor floração. “A orquídea é uma planta que prefere a sobra ao sol excessivo, então devemos observar a sua afixação em árvores de copa maior, pois desta forma receberão a luminosidade solar ideal, no início da manhã e término da tarde”, orienta Francisco Ferreira, orquidófilo e proprietário do Solar das Orquídeas.

O PROJETO

Nos dias 10 e 11 de novembro acontece a Exposição Anual de Orquídeas, no Ginásio Municipal de Esportes Karl Heinz Kopittke, das 9h às 18h, com entrada franca. Durante o evento, a Fundação Cultural terá uma banca para receber doações de mudas, que serão plantadas entre o Ginásio Municipal e a Pista Bicicross, onde foram identificadas 579 árvores passiveis para o receber as flores, no dia 24 de novembro. “Estaremos recebendo mudas dos moradores e também de colecionadores”, informa Milton Braecher, presidente da Fundação Cultural. “As pessoas podem se engajar trazendo mudas de seus jardins, ou se não tiverem e desejarem contribuir, poderão adquirir na própria exposição e levar até a banca de doações”, finaliza Braecher. As mudas serão classificadas e preparadas no Solar das Orquídeas e distribuídas entre as entidades, escolas e comunidade que se habilitarem para o plantio, no final de novembro.

PROGRAMAÇÃO:

Exposição deOrquídeas

Data: 10 e 11 de novembro/2018
Local: Ginásio Municipal Karl Heinz Kopittke
Horário: 9h às 18h
Ingresso: Entrada Franca

Embelezamento da ciclovia: plantio de orquídeas

Data: 24 de novembro/2018
Local: Ciclovia - imediações do Bicicross e Ginásio
Horário: 9h às 12h

Conhecido o novo Mascote da Educação Fiscal

Com o objetivo de despertar o interesse e a disseminação do conhecimento sobre educação fiscal e cidadania, foi promovido o concurso da escolha do novo Mascote da Educação Fiscal, pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) de Campo Bom, que movimentou 20 das escolas da rede municipal de ensino, que possuem turmas do 1° ao 9° ano.

A revelação do novo mascote aconteceu na manhã de terça-feira, 21, durante o Seminário Municipal de Educação Fiscal, no Auditório Marlise Saueressig, do Centro de Educação Integrada (CEI). Os alunos que produziram os cinco desenhos que receberam mais curtidas na página da Prefeitura foram premiados com medalhas, certificados, além de participarem da abertura do Seminário Municipal de Educação Fiscal. O aluno vencedor foi premiado com medalha, certificado de participação e com um kit de uniforme escolar personalizado.

Novo Mascote

O mascote se chama “João, o bom cidadão”. Para dar rosto ao João, os alunos deviam criar seu desenho em folha A4, feito à mão. Cada escola escolheu apenas um desenho para concorrer. Uma galeria com os 20 desenhos escolhidos (um por escola), foi publicada na página oficial da Prefeitura no Facebook.

O aluno Guilherme Farias dos Anjos, de 14 anos, da Emef Rui Barbosa, que deu vida ao Mascote, ficou surpreso com a escolha do seu desenho. “ Não esperava que meu desenho fosse escolhido, fiquei nervoso, mas estou muito emocionado", disse Guilherme. A criação desse concurso foi uma maneira de inserir o tema Educação Fiscal no ambiente escolar, bem como estimular o exercício contínuo da Cidadania.

Para o prefeito Luciano Orsi, o concurso qualifica ainda mais o trabalho das escolas, que são fundamentais para o êxito deste programa. “Aprender brincando sobre tributos, taxas, impostos, cidadania e o destino adequado dos recursos públicos que muitas vezes é complicado até mesmo para os adultos, é uma forma de ajudar às crianças e jovens a compreender melhor sobre a responsabilidade fiscal”, destaca Orsi.

Segunda a titular da Smec, Simone Schneider, o programa Educação Fiscal é realizado nas escolas através do projeto “Aluno informado, cidadão consciente” e busca sensibilizar os estudantes e, por consequência, a comunidade, quanto à função socioeconômica dos tributos. “Incentivar o acompanhamento pela sociedade da aplicação desses recursos oportuniza uma melhor qualidade de vida para toda a sociedade”, afirma Simone.

Seminário

O 1º Seminário Municipal de Educação Fiscal contou com a palestra Educação Fiscal no Contexto Social, com Jocelaine Luogo, Bacharel em Ciências Contábeis, e Wilmar Lima, pós-graduado em Direto Tributário. A palestra Educação Fiscal e Cidadania, foi ministrada por Dão Real Pereira do Santos, auditor fiscal da Receita Federal e João Carlos Loebens, auditor fiscal da da Receita Estadual discorreu sobre Ações e Projetos no Programa de Integração Tributária. Entendendo suas Finanças contou com o palestrante Otávio dias de Freitas, mestre em finanças. Já o tema Quando os Impostos são Assuntos de Sala de Aula? ficou a cargo de Denise Kern, autora de uma séria de livro sobre educação financeira.

Lista dos 5 Finalistas do concurso do Mascote

Guilherme Farias dos Anjos - 9º ano – Emef Rui Barbosa

Mateus Christani - 3° ano – Emef Marcos Silvano

Luísa Carolina Wismann -  7º anos  -  Emef Santos Dumont

João Vitor Silveira da Silva 7º ano Emef 25 de Julho

Campo Bom se prepara para a Semana da Pátria

Iniciam segunda-feira, 27, as comemorações da Semana da Pátria de Campo Bom, evento promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação e Cultura (SMEC), que ocorre entre 27 de agosto e 7 de setembro. Na segunda, 27, ocorre a chegada do fogo simbólico no Colégio Sinodal Tiradentes às 10h30min. Já no dia 31 acontece a abertura oficial, na EMEF Borges de Medeiros, com início às 8h da manhã. 

Durante a Semana da Pátria, entre os dias 1º e 6 de setembro, o Fogo Simbólico será guarnecido cada dia em um ponto diferente da cidade (confira cronograma abaixo).

E no dia 7 de setembro ocorre o Desfile Cívico na Avenida Brasil, que deve reunir mais de 80 grupos que englobam entidades, Brigada Militar, Bombeiros, escolas, serviços públicos, clubes sociais e de serviço, entre outros. O evento tem início as 8h30min e a concentração dos participantes que irão desfilar acontece entre a Rua Rui Barbosa e Avenida João XIII.

Confira a Programação Completa das atividades:

  • CHEGADA DO FOGO SIMBÓLICO DA PÁTRIA

Data: 27/08 (segunda-feira)

Horário: 10h30min

Local:  Colégio Sinodal Tiradentes

Homenagem aos 190 anos do Colégio

Participação: Banda Municipal Guilherme Armando Dick

                        EMEF Edmundo Strassburger

  • ABERTURA OFICIAL

Data: 31/08 (sexta-feira)

Horário: 8h

Local: EMEF Borges de Medeiros

Participação: EMEF Dona Augusta

                        EMEF Marquês do Herval

                        EMEF Santos Dumont

                        EMEF Genuíno Sampaio

Guarda do fogo: 8h ás 17h

Horas Cívicas: 8h e 16h

  • 01/09- Sábado

Horário: 8h às 17h

Local: Sede do Grupo de Escoteiro Werner Saenger

Homenagem aos 40 anos do Escotismo em Campo Bom           

  • 02/09- Domingo

Horário: 8h às 11h30min: CTG M’Bororé

               12h30min às 16h30min: CTG Palanques

  • 03/09-Segunda-feira

Horas Cívicas: 8h e 16h

Local: EMEF Rui Barbosa

Participação: EMEF D. Pedro II

                        EMEF Emílio Vetter

                        EMEF Marcos Silvano

  • 04/09 - Terça-feira

Horas Cívicas: 8h e 16h

Local: CEU- Centro de Artes e Esportes Unificados

Participação: EMEF Presidente Vargas

                        EMEF Esperança

                        EMEF Octacílio E. Fauth

  • 05/09 - Quarta-feira

Horas Cívicas: 8h e 16h

Local: EMEF CEI

Participação: EMEF 25 de Julho

                        EMEF Adriano Dias

                        EMEF Princesa Isabel

                      

  • 06/09 – Quinta-feira

Horas Cívicas: 8h e 16h

Local: EMEF Duque de Caxias

Participação: EMEF Lúcia Mossmann

                        EMEF Morada do Sol

  • 07/09 – Sexta-feira

DESFILE CÍVICO

Horário: 8h30min: Na Av. Brasil

Em caso de chuva o desfile será no dia 15/09/18

 

CRONOGRAMA DA GUARDA DO FOGO SIMBÓLICO:

Local: Ao lado do Palanque Oficial ( Av. Brasil)

8h -  CTG CAMPO VERDE

9h -   ESCOTEIROS GIBRALTAR

10h - CORPO DE BOMBEIROS

11h –ESCOTEIROS WERNER SAENGER

12h – COLÉGIO SINODAL TIRADENTES

13h – PROGRAMA ACOLHER

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.