Entrar

Discutido Plano Municipal de Desenvolvimento Rural

Destaque A pauta principal da reunião foi a apreciação e deliberação sobre a versão final do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural de Campo Bom Divulgação A pauta principal da reunião foi a apreciação e deliberação sobre a versão final do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural de Campo Bom

Esteve em debate na quinta-feira, 26, em reunião realizada na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), o Plano Municipal de Desenvolvimento Rural de Campo Bom. Participaram da reunião os membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural de Campo Bom (COMDER), cujo conselho é constituído por agricultores representantes das comunidades rurais, e as instituições: Sedetur, Emater, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Banco do Brasil, Banrisul e Sicredi.

A pauta principal da reunião foi a apreciação e deliberação sobre a versão final do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural de Campo Bom, para os anos de 2018 a 2021, cujo planejamento teve início em 2017, com a realização de diversas reuniões que resultaram no levantamento das demandas do Setor para os próximos quatro anos. O Planejamento, aprovado por unanimidade pelos Conselheiros, constitui o marco referencial para ações de sustentabilidade ambiental, desenvolvimento econômico e social, valorização cultural, organização rural e estruturação de políticas públicas, voltadas ao incentivo e desenvolvimento das famílias dos agricultores e dos estabelecimentos agropecuários do Município.

Na mesma reunião foi eleita por aclamação a nova diretoria do COMDER, que ficou constituída pelos agricultores: Presidente – VALCIR GILBERTO PARNOW; Vice-Presidente: VANDERLEI MEURER; Secretário: FRANCISCO DA SILVA FERREIRA.

A médica veterinária Simone Cadó, responsável pelo Sistema de Inspeção Municipal (S.I.M.), apresentou ao Conselho a atuação do Sistema, e as adequações de legislação e normas técnicas que Município está providenciando, afim de aprimorar o serviço e logo adiante aderir ao SUSAF (Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte), que permitirá a comercialização de alimentos de origem animal produzidos pelas agroindústrias locais, em todo território do Estado do RS.

Também foram apresentados e debatidos outros assuntos: Resultados preliminares do Censo Agropecuário do IBGE; Plano Safra 2018/2018; Patrulha Agrícola e Feira do Agricultor.

Última modificação emQuarta, 01 Agosto 2018 22:09
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.