Entrar

Prefeito se reúne com Consórcio Pró-Sinos para debater sobre episódios de desabastecimento de água na cidade

Destaque Prefeito se reúne com Consórcio Pró-Sinos para debater sobre episódios de desabastecimento de água na cidade EDER ZUCOLOTTO/PMCB

O prefeito de Campo Bom, Luciano Orsi, teve reunião na tarde desta quinta-feira, 10, em seu gabinete, com o Diretor de Regulação do Consórcio Pró-Sinos, Tiago Gomes, e demais representantes da entidade, para discutir assuntos relativos a regulação dos serviços de saneamento. Acompanhado do Chefe de Gabinete, Tiago de Vargas e do secretário de Meio Ambiente, João Flávio da Rosa, Orsi recebeu dos representantes do Consórcio Pró-Sinos, que é o agente responsável por regular e fiscalizar os serviços de saneamento básico, esclarecimentos sobre as medidas que estão sendo tomadas pela entidade relativas aos constantes episódios de desabastecimento de água na cidade e na região.

 Segundo o Pró-Sinos, o Consórcio entregou a Corsan ofício solicitando relatório sobre casos de desabastecimento e interrupção de serviços nos meses de novembro e dezembro, enfrentados pela comunidade de Campo Bom e mais 11 municípios regulados pelo Consórcio e, a partir da resposta da companhia aos questionamentos apresentados, irá tomar as providências necessárias.

 Para Orsi, é importante que o Pró-Sinos, como agente regulador dos serviços de saneamento básico, fiscalize a execução dos serviços das concessionárias. “Temos uma demanda grande de moradores que estão sendo afetados pelo desabastecimento e, mesmo sabendo dos constantes e volumosos investimentos para melhorias no saneamento na cidade e na região, necessitamos de explicações da Corsan sobre que mediadas estão sendo tomadas para evitar que nossa comunidade seja afetada por mais episódios de interrupção no fornecimento de água”, destaca Orsi.

 

Saiba mais

O Consórcio Pró-Sinos destacou ainda que rompimentos de redes são problemas que podem ocorrer no verão, tendo em vista que o consumo chega a ser 80% superior ao inverno.  O caso de Campo Bom está sendo acompanhado desde a metade de 2018, com participação em audiência pública, grupo técnico entre Corsan-Prefeitura-Consórcio, com identificação da necessidade de interligação de adutoras/redes em regiões altas.

Durante o ano de 2019, a regulação avaliará a capacidade dos reservatórios não somente no município de Campo Bom, mas todos os regulados da Bacia Hidrográfica para que se tenha um diagnóstico das localidades onde os reservatórios tenham capacidade inferior a 8 horas, que é a recomendada em caso de intercorrências de redes/adutoras.

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.