Entrar

Matéria do Jornal A Gazeta ganha repercussão no estado

Matéria publicada no Jornal A Gazeta, na edição de 21 de dezembro, e assinada pelo jornalista Mauri Spengler, ganhou repercussão estadual ao ser publicada por um dos mais conceituados colunistas do Rio Grande do Sul, o jornalista Tulio Milman do Jornal Zero Hora.

A matéria trata da "inauguração da estátua" do ex-juiz e futuro ministro Sergio Moro. Confira a seguir a entrevista completa com o autor do feito, o empresário Sirângelo Mello.

Empresário mandou confeccionar uma estátua ao juiz Sergio Moro

O empresário de Campo Bom, Sirângelo Mello, cansado em tanto sofrer e se decepcionar com a classe política e com os políticos, pelos inúmeros escândalos financeiros, especialmente com relação a operação Lava Jato, tomou uma decisão inédita e mandou confeccionar uma estátua em homenagem ao juiz Sérgio Moro, que comandou boa parte de toda esta operação, mandando prender muitos figurões da politica brasileira, inclusive o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva.
O Jornal A Gazeta vem acompanhando todo este processo, desde quando surgiu a ideia da estátua e esteve no local quando da inauguração para a visitação pública, com uma grande festa, quando foram convidados muitas pessoas das relações e de amizades do empresário.
A estátua, toda ela confeccionado em concreto, foi alvo de muitas fotos tiradas pelos que participaram do evento. Também estiveram lá, o prefeito Luciano Orsi e o secretário da SEDETUR Henrique Scholz.

Sergio Moro já está sabendo

Durante o evento, um empresário que estava presente na festa enviou uma foto para uma família de suas relações que é amiga da família do Juiz Sergio Moro, convidando para que o mesmo venha a Campo Bom oportunamente para visitar o local. A esposa de Moro respondeu agradecendo a honraria e a distinção, mas que neste momento, em razão dos inúmeros compromissos já agendados pelo futuro Ministro da Segurança não poderá vir, mas não descartando esta possibilidade para o futuro, quando ele estiver com alguma agenda pelo estado. Junto a estátua pode ser conferido o seguinte texto de autoria de Jadir de Oliveira: "Sérgio Moro, um juiz, uma legenda, uma coragem na entrega, e justiça que era cega parece perder a venda. Um juiz, uma legenda, disposta a cortar no couro prenúncio de mau agouro ao poder da corrupção, se a justiça tem visão, hoje se chama Sergio Moro".
O empresário Sirângelo Mello, conversou com exclusividade com o AG.

“Mudou a história da América”

A Gazeta - Como nasceu a ideia?
Sirângelo Mello – Na verdade, inicialmente nasceu de uma brincadeira, quando em conversa com um grupo de amigos, prometi a eles que, se o ex-presidente Lula fosse realmente preso, o que todos duvidavam, eu prestaria uma homenagem ao Juiz Sérgio Moro, mandando fazer uma estátua a ele, Moro. E para a minha alegria, isto aconteceu e cumpri a promessa com muito prazer.

AG - E como foi o processo da confecção?
Mello - Tão logo decidi mandar fazer a estátua comecei a busca, por onde começar, como e por quem seria feito. No inicio encontrei alguma resistência, pois me deparei com alguns artistas que não costumam ou não gostam de fazer imagens de políticos, até que por uma indicação cheguei ao escultor Cristóvão Hullen, morador de Nova Petrópolis.

AG – Como foi? Quanto tempo levou?
Mello - Após o serviço ser contratado, pegamos várias fotos do juiz e acertamos que deveria ser na altura de 1,72, em tamanho natural, feito em concreto armado. A obra foi entregue em cerca de 60 dias após o seu início.

AG – Porque esta decisão?
Mello – Ora, porque este juiz mudou a história, não só do Brasil, mas da América do Sul. Nós não podemos mais nos acostumarmos com tantos roubos, tantos escândalos e principalmente tanta impunidade que é o que move o aumento constante da criminalidade e o Juiz Sérgio Moro mostrou que é possível sim, mudarmos a história para começarmos novos caminhos e tomarmos novos rumos no nosso país. Se Lula não tivesse sido preso, o Brasil não elegeria Bolsonaro, que, tenho certeza, mudará o nosso Brasil.

 

Confira o artigo feito pelo jornalista Tulio Mllman (https://gauchazh.clicrbs.com.br/colunistas/tulio-milman/noticia/2018/12/empresario-gaucho-constroi-estatua-em-tamanho-real-para-homenagear-sergio-moro-cjqb35yy10ody01pibcyo8rvm.html)

Jovem morre afogado no Balneário Chico Mendes

Foi encontrado, na tarde deste domingo, 30, o corpo do jovem Ezequiel Moraes da Cruz, de 18 anos, no Rio do Sinos, localizado no Balneário Chico Mendes, na Barrinha. 

Ezequiel, que era morador do bairro Vila Rica e estudante da Escola Estadual Fernando Ferrari, não sabia nadar e ficou desaparecido por cerca de uma hora. 

Ao ser retirado do rio, antes mesmo do socorro chegar, pelo pescador "Piolho", que já resgatou outros corpos, populares tentaram reanimá-lo.

Ezequiel trabalhava em um posto de lavagem e tinha mais quatro irmãos.

Ao chegar ao local, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) constatou o óbito.

Campo Bom no controle a proliferação de mosquitos

A chegada do verão e as chuvas típicas dessa época do ano somada ao calor, acabam gerando águas paradas em lugares que muitas vezes ficam longe dos olhos, servindo de criadouros de mosquitos. E é com isso que a população campo-bonense deve ficar atenta, pois doenças como a dengue, zika e chikungunya transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, são uma grande preocupação nacional.


De acordo com o Ministério da Saúde, a maioria dos casos de proliferação de mosquitos está relacionada a problemas de saneamento, como acúmulo de entulho ou lixo no pátio das casas, falta de tratamento de esgoto ou drenagem. A Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde tem realizado um trabalho conjunto entre Agentes de Combate à Endemias (ACE) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS) para combater o mosquito transmissor destas doenças.


O objetivo deste trabalho é diminuir os focos de depósitos destas larvas, seja através de orientação ou até mesmo multa, para isso revisitas são realizadas nas residências que tiveram coletas de larvas com confirmação do gênero Aedes Aegypti e a reincidência de coleta de larvas, caberá multa por parte da Vigilância Sanitária.


Em Campo Bom, segundo dados da Vigilância Sanitária, em 2018 foram 1.300 (mil e trezentas) coletas, onde 70% destas foram positivas para o Aedes Aegypti. Sendo locais de maiores infestações: domicílios (vasos de plantas, pneus nos pátios, etc...)

 

Comunidade participativa:

Os moradores podem fazer denúncia de locais que acumulem água pelo telefone 3598-8600 (ramal: 8770).

 

 Medidas de prevenção contra a proliferação de mosquitos:

  • Tampe os tonéis e caixas d’água;
  •  Mantenha as calhas sempre limpas;
  •  Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
  •  Mantenha lixeiras bem tampadas;
  •  Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
  •  Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
  •  Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
  •  Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa;
  • Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas e de hidromassagem;
  • Atenção com bromélia, babosa e outras plantas que podem acumular água;
  •  Deixe lonas usadas para cobrir objetos bem esticados, para evitar formação de poças d’água;
  • Verifique instalações de salão de festas, banheiros e copa.

Mantenha seu pátio limpo evitando entulhos

Alistamento Militar deve ser feito online

Os jovens campo-bonenses que necessitam fazer o alistamento ao serviço militar obrigatório devem fazer o procedimento por meio online. O cadastro online deve ser feito de 1 de janeiro até 30 de junho, por jovens que nasceram no ano 2001 e que completarão 18 anos esse ano, no site www.alistamentoonline.com.br. Pela internet, o jovem lançará seus dados individuais no Sistema do Serviço Militar e Mobilização. No momento do cadastro, é preciso ter em mãos os seguintes documentos: certidão de nascimento, RG, CPF, além de e-mail e telefone para contato.

Caso não possua conta de e-mail ou não consiga fazer o cadastro online, o alistando deverá fazer seu alistamento presencial na Junta de Serviço Militar (localizada no Espaço Cidadão Cidadania, na Av. dos Estados, nº 900, bairro 25 de julho). É necessário apresentar certidão de nascimento original, comprovante de residência, carteira de identidade, CPF. Não é mais necessária a apresentação de foto 3X4. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 13h, do dia 4 de fevereiro até 28 de junho. Mais informações pelo telefone 35977128.

Centro Administrativo sem expediente na segunda e terça-feira

O Centro Administrativo Municipal de Campo Bom não terá atendimento na segunda-feira e terça-feira, dias 31 e 1º. O dia 1º de janeiro é feriado. Já para o ponto facultativo do dia 31 de dezembro, os servidores públicos municipais recuperaram horas nos dias 18 e 19 de dezembro. A Prefeitura volta às atividades na quarta-feira, dia 2, das 12h30min às 18h30min.

 

Confira o expediente nos demais prédios municipais nos dias 31 e 1º:

Unidades Básicas de Saúde: não terão expediente.

Centro Administrativo: não terá expediente, retornando atendimento normal na quarta-feira.

Departamento de Trânsito: a fiscalização de trânsito contará com plantão por meio do telefone 9759-9137.

Recolhimento de lixo doméstico: ocorrerá normalmente.

Transporte Social: Não ocorre na segunda-feira e terça-feira.

Secretaria de Obras, Serviços Urbanos e Trânsito: não terá expediente.

Fiscalização: atenderá em regime de plantão pelo telefone 3598 8600.

Estação Saúde: não terá expediente.

CAPS: não terá expediente.

Centro Materno Infantil: não terá expediente.

Biblioteca: não terá expediente.

Cinema: não possuí sessões segundas e terças-feiras.

Prefeito assina convênio de reestruturação da patrulha agrícola do município

Para apoiar o pequeno e médio produtor em regime de produção familiar, gerando emprego na zona rural e oferecendo melhores condições aos agricultores familiares para produzirem alimentos para a alimentação escolar, feiras locais e mercado regional, o prefeito de Campo Bom, Luciano Orsi, assinou convênio de reestruturação da patrulha agrícola. O convênio, de R$ 151.165,00, foi firmado na quinta-feira, 27, com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio da Caixa Econômica Federal.

A aquisição de um trator agrícola e uma semeadora/adubadora, reestruturará a patrulha agrícola do município, que atualmente está defasada. A referida  presta serviços de preparo de solo, plantio e colheita de milho/silagem, além da construção de açudes para piscicultura, construção de tanques para irrigação, terraplanagem, construção e reparo de estradas vicinais, sendo vinculados prioritariamente aos programas de incentivo à produção de alimentos pela agricultura familiar e comercialização local e regional, conduzidos pelo Município, EMATER/RS e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (COMDER), todos previstos no Plano Municipal de Desenvolvimento Rural (PMDR).

Segundo Orsi, a Patrulha Agrícola é uma ferramenta indispensável para prestar apoio aos agricultores familiares, que não tem condições, ou ainda, não possuem viabilidade econômica para manter máquinas e equipamentos de alto custo em uma única propriedade. “A Administração Municipal buscou recursos para essa reestruturação com intuito de continuar propiciando esse atendimento aos agricultores, que tanto contribuem para a economia do nosso município”, ressalta Orsi.

Para o secretário Desenvolvimento Econômico e Turismo, Henrique Scholz, “esse projeto contribuirá para a sustentabilidade de tantos outros produtores e famílias que consomem esses alimentos produzidos com auxílio desta patrulha agrícola, auxiliando ainda a combater o êxodo rural e a aumentando as chances do jovem permanecer no campo”.

Prefeitura irá revitalizar Largo Irmãos Vetter

Localizado no “coração” do município, o Largo Irmãos Vetter é um local destinado a cultura e ao lazer da comunidade campo-bonense. Pensando em oferecer uma infraestrutura adequada, com melhores condições aos visitantes e oportunizando um turismo de qualidade, a Administração Municipal foi em busca de recursos para revitalizar esse que é um dos pontos mais utilizados pela comunidade. Na tarde de quinta-feira, 27, o prefeito Luciano Orsi assinou o convênio de revitalização do Largo Irmão Vetter (2ª etapa), com o Ministério do Turismo através da Caixa Econômica Federal.

Segundo Orsi, o projeto de revitalização deste espaço é muito importante para o município. “Queremos melhorar e qualificar esse espaço de convivência tão importante para a população, que integra a comunidade, além de valorizar o turismo e a cultura em nosso município. A revitalização, que deve demandar recursos na ordem de R$ 500 mil, terá de ser feita em etapas, devido a grande proporção de recursos necessários para revitalizar sua área”, afirma Orsi.


Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Henrique Scholz, “nota-se que é de fundamental importância uma revitalização do local, e este também é um anseio da população que seguidamente solicita providências para as áreas degradadas deste espaço."

Sobre Captação de recursos

 

Segundo assessora de captação de recursos, Cleidiane Sanmartim, revitalização do espaço será viabilizada através da mobilização de recursos oriundos da captação de emedas parlamentares dos Deputados João Derly e Afonso Motta. “Aliados a recursos próprios, serão viabilizadas as melhorias que se darão em duas etapas e que adequará a infraestrutura de um grande ponto de recepção de turistas e visitantes”, ressalta Cleidiane.

O projeto adequa-se aos objetivos do Ministério do Turismo, que visa o desenvolvimento do turismo nos municípios brasileiros, por meio de adequação da infraestrutura, permitindo a expansão das atividades turísticas e a melhoria da qualidade do produto para o turista, bem como a consecução dos objetivos previstos no Plano Nacional de Turismo.

O Largo Irmãos Vetter

O Largo Irmãos Vetter conta com uma estrutura de 11.244,43 metros quadrados, composta de anfiteatro, praça de brinquedos, chafariz, mirante com espelho d’água e portal. O local onde foi construído, antigamente era a sede da primeira fábrica de calçados da cidade – Irmãos Vetter e Cia – e para preservar a origem econômica e a história dos antepassados, foi mantida a fachada da fábrica e reproduziu-se a chaminé onde atualmente funciona o Mirante.

Campo Bom faz parte da Região Turística do Vale do Rio dos Sinos e recebe aproximadamente 350 mil turistas/ano, entre visitação das atrações e eventos turísticos, além de contar com diversos eventos de grande repercussão.

O Largo é um destino certo para a comunidade nos finais de semana, já que conta com um amplo espaço para convivência comunitária e lazer, recebendo diversos eventos, como comemorações da cidade, eventos culturais, além da apresentação de artistas locais, nacionais e empreendedores também locais.

Prefeitura irá revitalizar Largo Irmãos Vetter

Localizado no “coração” do município, o Largo Irmãos Vetter é um local destinado a cultura e ao lazer da comunidade campo-bonense. Pensando em oferecer uma infraestrutura adequada, com melhores condições aos visitantes e oportunizando um turismo de qualidade, a Administração Municipal foi em busca de recursos para revitalizar esse que é um dos pontos mais utilizados pela comunidade. Na tarde de quinta-feira, 27, o prefeito Luciano Orsi assinou o convênio de revitalização do Largo Irmão Vetter (2ª etapa), com o Ministério do Turismo através da Caixa Econômica Federal.

Segundo Orsi, o projeto de revitalização deste espaço é muito importante para o município. “Queremos melhorar e qualificar esse espaço de convivência tão importante para a população, que integra a comunidade, além de valorizar o turismo e a cultura em nosso município. A revitalização, que deve demandar recursos na ordem de R$ 500 mil, terá de ser feita em etapas, devido a grande proporção de recursos necessários para revitalizar sua área”, afirma Orsi.


Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Henrique Scholz, “nota-se que é de fundamental importância uma revitalização do local, e este também é um anseio da população que seguidamente solicita providências para as áreas degradadas deste espaço."

Sobre Captação de recursos

 

Segundo assessora de captação de recursos, Cleidiane Sanmartim, revitalização do espaço será viabilizada através da mobilização de recursos oriundos da captação de emedas parlamentares dos Deputados João Derly e Afonso Motta. “Aliados a recursos próprios, serão viabilizadas as melhorias que se darão em duas etapas e que adequará a infraestrutura de um grande ponto de recepção de turistas e visitantes”, ressalta Cleidiane.

O projeto adequa-se aos objetivos do Ministério do Turismo, que visa o desenvolvimento do turismo nos municípios brasileiros, por meio de adequação da infraestrutura, permitindo a expansão das atividades turísticas e a melhoria da qualidade do produto para o turista, bem como a consecução dos objetivos previstos no Plano Nacional de Turismo.

O Largo Irmãos Vetter

O Largo Irmãos Vetter conta com uma estrutura de 11.244,43 metros quadrados, composta de anfiteatro, praça de brinquedos, chafariz, mirante com espelho d’água e portal. O local onde foi construído, antigamente era a sede da primeira fábrica de calçados da cidade – Irmãos Vetter e Cia – e para preservar a origem econômica e a história dos antepassados, foi mantida a fachada da fábrica e reproduziu-se a chaminé onde atualmente funciona o Mirante.

Campo Bom faz parte da Região Turística do Vale do Rio dos Sinos e recebe aproximadamente 350 mil turistas/ano, entre visitação das atrações e eventos turísticos, além de contar com diversos eventos de grande repercussão.

O Largo é um destino certo para a comunidade nos finais de semana, já que conta com um amplo espaço para convivência comunitária e lazer, recebendo diversos eventos, como comemorações da cidade, eventos culturais, além da apresentação de artistas locais, nacionais e empreendedores também locais.

Faisal Karam assumirá a Secretaria de Educação do Estado

Todas as apostas davam conta de que o ex-prefeito de Campo Bom, Faisal Karam, fosse convidado pelo recém-eleito Governador do estado Eduardo Leite (PSDB) a assumir a Secretaria de Obras do Estado. No entanto, ele foi anunciado na tarde desta sexta-feira, 28, como futuro Secretário Estadual de Educação.

Faisal, na eleição de outubro concorreu a Deputado Estadual, ficando na primeira suplência de sua coligação (PSDB/PPS/PHS/REDE), com 23.693 votos. Pela forte afinidade que Faisal tem com a ex-secretária de educação Eliane dos Reis, é muito provável que ela componha a equipe de Karam nesta importante secretaria.

Escola Quatro Colônias será repassada para prefeitura de Campo Bom

As instalações físicas da Escola Estadual Quatro Colônias, sem utilização desde 2013, serão repassadas ao município de Campo Bom para colocar em funcionamento na área uma nova unidade destinada para a educação infantil. A doação foi confirmada nesta sexta-feira (28), durante audiência do deputado federal Giovani Feltes com o secretário estadual de Modernização Administrativa e dos Recursos Humanos, Raffaele Di Cameli, juntamente com o prefeito Luciano Orsi.

“É uma importante notícia no fechamento do ano. Com certeza, a comunidade de Campo Bom sairá beneficiada com o devido aproveitamento com uma estrutura que estava desativada”, comemorou Feltes. O deputado acompanhou de perto o processo encaminhado pela prefeitura local até conseguir o aval tanto da Secretaria Estadual de Educação, com agora da Administração, que cuida do patrimônio do Estado.

A partir da formalização da doação ou cessão de uso, o município assumirá as instalações da Escola Quatro Colônias, iniciando as adaptações para receber as crianças que buscam vagas nas creches. O secretário municipal de Administração, Paulo Gomes, também participou da reunião, ocorrida em Porto Alegre.

Assinar este feed RSS
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.