Entrar

Alunos já estão em disputa na 30ª Olimpíada Estudantil de Campo Bom

Na manhã da última terça-feira, 1º, foi realizada no Ginásio de Esportes do CEI, a cerimônia de abertura da 30ª Olimpíada Estudantil de Campo Bom. O evento reunirá mais de quatro mil atletas das três redes de ensino da cidade e será dividida em duas etapas. A primeira das etapas que iniciou dia 1º segue até 11 de julho com disputas de voleibol, basquetebol, xadrez, dama/moinho e jamboree de minifutebol. Já a segunda fase ocorrerá entre 27 de outubro e 06 de novembro e contará com disputas nas modalidades como handebol, atletismo e futebol. 

Abertura 
A cerimônia de abertura lotou as arquibancadas do Ginásio do CEI. Todas as escolas que participarão do evento foram representadas por uma delegação de atletas e foram apresentadas na quadra do ginásio. Em seguida, a campo-bonense Marina Reginaldo, medalha de ouro nos 400 metros com barreira nos Jogos Sul-Americanos da Juventude, realizados em Lima, no Peru, conduziu a Tocha Olímpica. Na sequência, o juramento foi realizado pelos alunos Andrei Pinheiro e Gustavo Correa Weck da EMEF Rui Barbosa e Giulia e Gabriela Dienstmann da Silva da EMEF CEI. O Tributo à Campo Bom, apresentado pela Escola de Arte-Educação, encerrou a cerimônia. 
Declaração 
“Nestes trinta anos de olimpíada estudantil, foram muitas conquistas para Campo Bom. |Todos os investimentos em educação física, desde os anos iniciais, são extremamente satisfatórios.” 
  
Eliane dos Reis – Secretária de Educação e Cultura

Sucesso na 5ª edição da FIC do Santa

Na última terça e quarta-feira, 15 e 16, o Colégio Santa Teresinha realizou mais uma edição da Feira de Iniciação Científica (FIC). Em 2014, a FIC chegou à sua quinta edição e mais uma vez buscou o envolvimento de toda a escola, com a participação de alunos desde o maternal até o ensino médio. 
A professora Valéria Bauer Bender, coordenadora da FIC, explica que os alunos começam a elaborar os projetos no início do semestre. “O tema é livre, de escolha dos alunos. O interessante é que os trabalhos abrangem várias áreas do conhecimento e passa por avaliação de todos os professores.” 
A diretora do Colégio, Liane Bauer, também destaca a importância da FIC para o aprendizado dos alunos. “Eles iniciam uma sistemática, uma organização dos pensamentos. Depois, na universidade, eles facilmente se organizam na construção de um trabalho acadêmico.” 

Experiência Comprovada 
O sucesso da FIC na vida dos alunos pode ser comprovada por quem já deixou a instituição. Rafael Bizachi é ex-aluno do Santa e atualmente estuda publicidade e propaganda no Rio de Janeiro. “São várias as contribuições que conquistamos ao participar da FIC. Fica muito mais fácil fazer qualquer trabalho, sabemos onde buscar e como organizar. É tudo mais natural”, revela Rafael que foi um dos avaliadores externos da mostra.. Ele acrescenta ainda que o trabalho em equipe é outra grande contribuição da feira. “A gente aprende a trabalhar em equipe, divir tarefas e ter um bom relacionamento com os colegas”, finaliza. 
Escolas da três redes de ensino sempre são convidadas a conhecer os trabalhos. 

Polícia Civil prende ladrão de veículo no Jardim do Sol

Na tarde da última segunda-feira, 14, agentes da Polícia Civil prenderam um homem que tinha um mandado de prisão preventiva expedido contra si. Talles Luis Prestes, 22 anos, o Teleco, é acusado de roubar um Voyage em um posto de gasolina no dia 12 de junho e foi preso em uma residência na Rua Anecidio Gonçalves no bairro Jardim do Sol. Segundo informações da polícia, Talles estava acompanhado de outros três menores no dia do roubo. Armado, ele rendeu a vítima e levou o veículo. Talles foi indiciado por roubo qualificado e encaminhado ao sistema prisional. Os três menores também foram detidos e encaminhados para a FASE em Novo Hamburgo onde irão cumprir medida sócio educativa. 

Justiça Eleitoral reúne líderes partidários

Na manhã da última quarta-feira, 16, a Justiça Eleitoral realizou uma reunião no Fórum de Campo Bom para tratar de assuntos referentes às eleições de outubro. O encontro contou com a presença do Juiz eleitoral Dr. Carlos Fernando Noschang Jr., da promotora Ivanda Grapiglia Valiati, do Chefe do Cartório Eleitoral José Afonso Beraldin e de representantes dos partidos DEM, PC do B, PMDB, PPS, PP, PSC, PRB, PSB, PSD, PT e PTB. 
Durante o encontro foram discutidas as regras, segundo a legislação, que devem ser cumpridas durante o processo eleitoral. Foi sugerido durante o encontro a não utilização de cavaletes de propaganda durante a campanha, porém os partidos PMDB, PTB, PPS e PP não concordam e a utilização desta forma de propaganda está liberada das 6h às 22h. 
No rádio e TV, a propaganda eleitoral ocorre até o dia 02 de outubro, último dia também para a realização de debates. Nos veículos impressos, como jornais, a propaganda pode ser realizada até o dia 03. Propaganda com carro de som, carreatas e caminhadas podem ser realizadas até o dia 4, véspera da eleição. 
Todas as caminhadas e carreatas estão liberadas para acontecer sem licença prévia, porém a Brigada Militar e o Departamento Municipal de Trânsito com 24 horas de antecedência. 
A remoção das propagandas deve acontecer até 30 dias depois da eleição e o cartório eleitoral funcionará todos os dias até a data da eleição. Em sábados, domingos e feriados, o atendimento será das 15h às 19h.

Tanack conquista o bi da Copa 50

Na noite da última sexta-feira, 11, no Ginásio Municipal Karl Heinz Kopittke, foi realizada a final da Copa Amizade de Futsal 50 Anos. Em um jogo muito disputado, com oito gols, o Taanack venceu o Os Garotos por 5 a 3 e conquistou o bi-campeonato da competição. 
A partida começou bem disputada, com as duas equipes mesclando chances de gol. O Os Garotos abriu o placar com Niti faltando 15min5seg para o fim da primeira etapa. Três minutos depois Cristiano empatou para o Tanack. Niti colocou os Garotos na frente novamente faltando 03min15seg para o fim do primeiro tempo. Mas faltando apenas 14seg para o fim do primeiro tempo, Cristiano empatou novamente a partida. 
No segundo tempo, o Os Garotos sofre com a expulsão de três jogadores e ávida do Tanack ficou facilitada. Cristiano marcou outras duas vezes, Giba ainda descontou, mas Pedrinho fechou o placar em 5 a 3 e garantido o bi-campeonato.

Comude defende Hospital Regional em Campo Bom

Na última quarta-feira, 16, o Jornal A Gazeta conversou com o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento (Comude), Claudiomiro da Fonseca, que também é comandante do Corpo de Bombeiros de Campo Bom. O Comude foi o órgão responsável pela organização na cidade do Processo de Participação Popular Cidadã realizado em junho e que definiu as prioridades da comunidade para o orçamento do Governo do Estado. Uma das grandes mobilizações da votação ficou em torno da construlçção de um hospital regional ao longo da ERS 239. O item recebeu na votação valores na ordem de R$ 2.567.069,22 de todas as cidades da região, sendo que Campo Bom contribuiu com R$ 2.266.883,72, equivalente a 88,3% do total.


Por conta da mobilização realizada na cidade, da contribuição que o município deu no processo e pelo valor contribuído para o projeto específico, Fonseca entende que o hospital deva ser construído no território campo-bonense. “Já foi garantido que o projeto estará no orçamento e a construção, pelo que eu acredito, deva sair em torno de cinco anos.” Segundo Claudiomiro, o mais importante para a construção do hospital já foi feito que era a garantia do recurso. “Acredito que o município irá indicar uma área ao longo da rodovia que possa servir para a construção do hospital”, finalizou.

Contribuição para a Demanda do Hospital Regional 
Campo Bom – R$ 2.266.883,72 
Sapiranga – R$ 250.000,00 
São Leopoldo – R$ 15.944,00 
Portão – R$ 10.000,00 
Nova Hartz - R$ 10.000,00 
Araricá – R$ 9.241,50 
Estância Velha – R$ 5.000,00 
TOTAL – 2.567.069,22 

“Campo Bom foi a cidade que mais contribuiu com recursos para esse recurso em especial. Não tem como o hospital não ser construído aqui na cidade.” 
  
Claudiomiro da Fonseca – Presidente do Comude

Comunidade da Celeste agora conta com Centro Comunitário

Na manhã do último sábado, 12, a Administração Municipal realizou a inaguração do Centro Comunitário do bairro Celeste. O novo espaço para uso da comunidade está localizado na Rua 24 de Outubro, 125, e leva o nome de Waldemar Bauer, ex-comerciante da cidade. 
A solenidade foi prestigiada pelo prefeito Faisal Karam, pelo vice-prefeito Marcos Riegel, vereadores, secretários e população do bairro Celeste. 
O prédio do novo Centro Comunitário possui  260m² de área construída, com espaço para reuniões, cozinha, copa, churrasqueira e um amplo salão para eventos. A construção segue o mesmo padrão de outros centros comunitários, como os do bairro Paulista e Esperança. 
No local foram investidos mais de R$ 580 mil em recursos próprios da Administração Municipal. A obra é uma escolha da comunidade através de votação no Conselho Comunitário. 

Declarações 
“Quem espera sempre alcança e hoje está aí o nosso Centro Comunitário. Esse espaço servirá para muitas coisas e muitas atividades de nossa comunidade.” 
  
Reinaldo Muller – Presidente da Associação de Moradores do bairro Celeste 
  
“Meu pai, onde quer que esteja agora, está festejando junto com a gente. Desejamos que neste espaço sempre reine a harmonia familiar.” 
  
Liane Bauer – Filha de Waldemar Bauer 
  
“É uma alegria inaugurar este Centro Comunitário. Este espaço vem em boa hora para a comunidade da Celeste e tenho certeza que vai ser cuidado por cada morador como se fosse uma extensão de suas casas.” 
  
Faisal Karam – Prefeito Municipal 

VOCÊ SE CONSIDERA UMA PESSOA SAUDÁVEL?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), saúde é um completo bem estar físico, emocional e social e não meramente ausência de doença.

Existem vários fatores que influenciam nossa saúde, individuais e coletivos. Dentre os individuais, destaca-se o nosso estilo de vida moderno, onde a grande maioria dos indivíduos vive numa correria diária, estressados, alimentando-se de forma incorreta, dormindo mal, não praticando atividade física. Pare e reflita. Reserve um tempo para cuidar de você.

A dor é um alerta do nosso organismo que algo não está bem, sentir dor não é normal. Quando ela persiste por mais de 3 meses, ela se torna crônica. Sabemos que ela influencia na sua qualidade de vida. Não espere a dor se instalar para procurar ajuda.

A quiropraxia como prática complementar, busca resgatar o potencial inato do organismo de manter-se saudável. O quiropraxista no seu trabalho com coluna vertebral busca o alinhamento para que dessa forma o organismo tenha melhor capacidade de se adaptar as condições do meio em que vive.

A coluna vertebral tem a função de nos manter na postura ereta e protege a medula espinhal, de onde saem os nervos que se comunicam com nosso corpo e vice-versa. Essa comunicação é fundamental para o bom funcionamento do organismo. As dores e os desconfortos nas costas são os primeiros sintomas que avisam que seu corpo está sobrecarregado precisando de cuidados.

Uma vez instalados, os problemas começam a “aumentar” através de diversos sintomas, como dores, irradiações, dor de cabeça, desconforto, formigamento, etc.

Não espere chegar a um estágio avançado para então procurar ajuda: quanto antes você se previne menos problemas você terá futuramente. E se você está bem de saúde é importante que mantenha este estado. PRIORIZE SUA SAÚDE!

  • 0

De 18 a 24 de julho de 2014

Cuidado e caldo de galinha...
Com o início da Campanha eleitoral, começam também a caça as bruxas. Ou melhor, aos meios de comunicação. E os preferidos são os jornais e rádios do interior, os menos protegidos, os que têm menos poder econômico para defender-se. Nesta época, cuidado em demasia e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.


Peço desculpas
Por isto peço desculpas antecipadas, principalmente aos que preferem os comentários políticos deste escriba. Até a eleição de outubro, tentarei me conter para que no futuro não tenha que pagar uma alta conta por ter praticado a “liberdade de expressão”, coisa que alguns políticos detestam.


As bases vão tremer?
Muita gente curiosa para saber como será o convívio do prefeito Faisal Karam (PMDB) com o seu vice Marcos Riegel (PP) durante o período eleitoral. Faisal deverá fazer campanha para o candidato a governador José Ivo Sartori que é do seu partido, enquanto Marcos Riegel fará campanha para Progressista Ana Amélia Lemos. Em minha opinião vai ficar tudo na mais santa paz como tem sido até agora o convívio entre os dois.


Mazzzááá Marcos veio...
O que poderá acontecer, caso Ana Amélia vença o pleito é o prefeito Faisal ficar sem o seu vice. Certamente Riegel será chamado para ocupar importante cargo no governo estadual. Como ele é jornalista, talvez ocupe a chefia de comunicação social. Marcos foi mais um entre tantos bons profissionais que deram seus primeiros passos na vida jornalística no Jornal A Gazeta, coisa que, sempre que tem oportunidade menciona.


Errou o alvo... mas nem tanto
O vereador Jair Win-gert (PSB), errou o alvo ao tecer fervorosos e entusiasmados elogios ao prefeito Faisal Karam (PMDB) por ele ter sancionado a lei dos capacetes (projeto de sua autoria). O discurso de Wingert foi apartado pelo presidente da Câmara Marinho de Moura (PPS) dizendo que, “mas foi eu que sancionei vereador, o prefeito apenas não vetou, o senhor está enganado.” O vereador Jair continuou, “isso em nada invalida os meus elogios ao prefeito Faisal, que tacitamente aprovou, ele que tem sido muito coerente em suas decisões e tem acolhido a maioria de meus pedidos...”


Claudinei 10 x 01
O vereador Maximiliano de Souza (PMDB) propôs uma homenagem ao chefe da EMATER, Claudinei Baldissiera, pelos 15 anos de atividades. Como a votação para este tipo de matéria é secreta, o futuro homenageado ganhou fácil, pelo mesmo placar sofrido pela seleção nos últimos dois jogos, 10 x 01. Um dos onze vereadores não aprovou a homenagem.


Prestígio ou incoerência?
Os vereadores votaram e aprovaram dois projetos de lei. O 12/14 de autoria do vereador Victor de Souza (PC doB) pedia a instalação de postes de concreto para a rede elétrica e telefônica. O 14/14 proíbe os cidadãos de utilizar máscaras em manifestações públicas. Os dois projetos foram vetados pelo prefeito Faisal Karam, alegando inconstitucionalidade de ambos. Todos os vereadores aprovaram o veto do prefeito, quando o normal seria a derrubada do veto. Ou o prefeito está gozando de muito prestígio junto aos vereadores os ou vereadores foram incoerentes aos seus princípios. Eu ficaria com a primeira opção.


O bicho vai pegar
Como tem farmácias e drogarias que não gostam muito de cumprir a Lei Municipal 2.250/2002, que institui plantão em regime de rodízio, a Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade a proposta do Executivo que altera a lei. A partir de agora o estabelecimento que não cumprir com os seus plantões terá que pagar multa diária na ordem de R$ 500,00.


Contestar o quê?
Tenho sido procurado por algumas pessoas e outras me mandam e-mails que fazem questão de expressarem as suas opiniões a respeito da possibilidade da instalação de um presídio em Campo Bom. Como é normal, tem os favoráveis e os contrários. Uns até iniciam a conversa tentando me contestar. Mas contestar o quê, se até agora sequer posicionei-me se sou a favor ou contra.


A minha posição
O que disse e continuo dizendo, que, por se tratar de um assunto de tão alta relevância deve ser discutido com a comunidade e as entidades legalmente constituídas Disse ainda que esta conversa pode ser iniciada desde que ela comece pela nossa exigência para que seja presídio em regime fechado. E disse também que está mais do que na hora de os municípios começarem a pensar neste assunto, ou então teremos que ter presídios em outros planetas, pois quer me parecer que ninguém quer em suas cidades. Espero ter sido claro, principalmente para a turma “dos contra tudo”.


Tudo passa por presídios
Entendo que um dos maiores problemas da segurança pública, passa exatamente pela falta de casas prisionais. Muitos dos delinquentes que deveriam ser encaminhados para o sistema prisional não o são por absoluta falta de vagas, até porque se for para serem encaminhados para o centralão então que instituam de vez a pena de morte, pela qual sou terminantemente contra, pois ninguém tem o direito de tirar a vida de ninguém.


Búzios, cartas e conhecimentos
Não precisei estudar muito e nem fazer muito esforço, quando, há três anos afirmei que este governo não concluiria a ponte da Avenida dos Municípios. Disse ainda que no ano de 2014, ano de eleição, eles prometeriam que as obras iriam iniciar. Tudo isto já aconteceu. Tudo como eu havia previsto.


Nenhum para Campo Bom (de novo)
A 2ª Coordenadoria Estadual de Educação nomeou mais 74 professores para a região de sua abrangência. Sabem quantos virão para Campo Bom? Nenhum. Isto mesmo. O único que havia sido nomeado, um professor de Educação Física, ao descobrir quanto ganharia, preferiu declinar do honroso convite.

Por que não acreditamos?

Hoje quero falar em futebol sem falar de futebol.

Acabou a nossa Copa do Mundo, e dessa vez ganhamos muito mais do que naquelas que levantamos o troféu.

Fizemos a Copa do impossível, da calamidade, do estardalhaço negativo. Sinceramente, conseguimos compilar em um curto espaço de tempo a maior exemplificação do que é nossa “síndrome de vira-latas”.

Mas que diacho, boa parte do planeta acreditou em nossos poemas a incompetência pátria, nunca nos ouvem, mas desta vez compraram nossa ideia (de que somos fracassados). Estampou-se mundo a fora que o Brasil seria o pior lugar para se estar durante os 30 dias.

Porém ao chegarem aqui ninguém compreendeu onde estava o caos, onde se escondeu a bagunça, a vergonha que cobriria a nós todos? Cantamos em proza e verso que faríamos feio, não teríamos hotéis, aeroportos não funcionariam, estádios não estariam prontos, violência, confusões...
E nada?!

Pelo contrário, o que mostramos ao o mundo foi nossa alegria, nossa maneira de ser (de viver), todos se encantaram com o Brasil, inacreditavelmente (diante de tudo que se ouviu) fizemos a Copa das Copas.

Nossas retinas se maravilharam diante da festa que durou um mês, a confraternização foi histórica, provável que todos lembrem como a Copa da Alegria, da simpatia, do algo mais, a Copa do País Tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza! Até o futebol ficou mais bonito, mais alegre.

E por que nós não acreditamos?

Por que duvidamos da nossa própria competência?

Não acredito que somos um bando de disseminadores de infortúnios, de praguejadores do progresso, de infelizes sem sorte que nasceram no país errado.

Somos uma nação que pode ensinar a todos como ser feliz, esta talvez seja nossa maior proeza, conseguimos estar felizes mesmo achando tudo ruim, tudo errado.

Até quando meu Brasil?

Até quando vamos ter medo de acreditar em nós mesmos?

Assinar este feed RSS
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.